Nota

Nota de Solidariedade

A diretoria do Sindicato do Médicos do Estado do Acre (Sindmed-AC) se solidariza com os sindicalistas que vêm sofrendo retaliações, transferências e ameaças por parte do governo do Estado.

As atitudes antissindicais demonstram que esses gestores são incompetentes em negociar e administrar o bem público, principalmente o sistema público de saúde, que agoniza por causa de incompetentes que causaram prejuízos irreparáveis aos trabalhadores empregados no fracassado Pró-Saúde.

Agarrados em cargos públicos, temendo que as irregularidades na gestão sejam divulgadas, assessores do governo tomam como armas as ofensas, as intrigas e a coação contra sindicalistas.

A diretoria Sindmed-AC reafirma o compromisso contra políticos fracassados que atentam contra o respeito e a ética. Os representantes desta entidade de classe ainda manifestam apoio ao Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado do Acre (Sintesac), na pessoa dos diretores Maria de Jesus e João Batista, os últimos a serem ameaçados pela máquina governamental.

Toda a direção do Sindmed-AC está à disposição das outras entidades de classe para a união de toda a luta contra políticos incompetentes.

A Diretoria do Sindmed-AC