Notícias

Sindmed-AC denunciará na Justiça gestores por conduta antissindical

O Sindicato dos Médicos do Acre (Sindmed-AC) questionará gestores da saúde do Estado que estão utilizando o poder de chefia para ameaçar diretor da entidade em Cruzeiro do Sul com o objetivo de evitar a fiscalização das condições de trabalho. Caso o assédio moral não seja encerrado, um processo por conduta antissindical será aberto contra administradores dos hospitais.

Segundo o presidente do Sindmed-AC, Ribamar Costa, o diretor do Sindicato no Juruá vem cobrando melhorias das condições de trabalho na maternidade e nos Hospitais do Juruá e Dermatológico, o que beneficia a população.

“Acionamos nossa banca de advogados e iremos demandar contra esses gestores que não respeitam a estabilidade sindical e o direito do representante da categoria em fiscalizar as condições de trabalho”, explicou Ribamar Costa.

A diretoria do Sindmed vem cobrando melhorias nos serviços de saúde, como a necessidade de contratação de médicos do concurso público para suprir a escala de plantão da Maternidade do Juruá.

“O Sindicato é a entidade que deve defender melhores condições de trabalho para a categoria, então continuaremos com as atividades e as denúncias, abrindo até processos contra os gestores que se recusam em atuar de forma ética. Faltam médicos para fechar a escala da maternidade. A segunda maior cidade do Estado não possui atendimento neurológico e pacientes graves acabam morrendo por falha do governo, que não contrata especialistas. O sindicalista está sendo penalizado por dizer a verdade”, finalizou o presidente do Sindicato.