Notícias

Sindmed-AC questiona falhas no edital do processo seletivo de médicos

O presidente do Sindicato dos Médicos do Acre (Sindmed-AC), Murilo Batista, cobrou mudanças no edital do processo seletivo que busca contratar médicos. A diretoria detectou falhas no chamamento do processo seletivo, além de ter recebido reclamações da categoria.

No ofício encaminhado ao setor que realizou a confecção do edital, na tarde de quarta-feira, Murilo Batista questiona o motivo para o descumprimento do Plano de Cargo, Carreira e Remuneração (PCCR) para os casos das vagas de especialistas, e, ainda, pede explicações sobre o critério para a oferta das vagas para especialidades que são mais necessárias, como a Ortopedia, a Anestesia, a Endocrinologia, a Psiquiatria, a Ginecologia e a Obstetrícia.

“O Estado precisa de profissionais em todas as especialidades, mas existem algumas em que a carência é maior, por isso estamos questionando o método adotado para a abertura das oportunidades”, explicou o sindicalista.

O presidente do Sindmed-AC ainda apontou para a necessidade do cumprimento da legislação que garante a gratificação de 20% para o médico com título de especialidade.

“A legislação precisa ser seguida para que não haja uma desmotivação e a fuga de profissionais para outros Estados. Temos, aqui, duas universidades, mas, por exemplo, nos últimos anos, tivemos a exportação de médicos para outras localidades por falta de oportunidades justas”, finalizou.

Uma reunião será realizada nesta sexta-feira com o Ministério Público, Sesacre e o Sindmed-AC para que sejam debatidas essas pendencias.